Frutas e vegetais podem reduzir risco de doenças cardiovasculares!

 fruit.veggie.heart_

A homocisteína plasmática elevada é um marcador de risco para doenças cardiovasculares. Esta elevação é relacionada a alimentação inadequada, além de fatores genéticos, fisiológicos (sexo e idade), estilo de vida inadequado (tabagismo, consumo de álcool, café) e medicações. Entre os fatores alimentares estão a baixa ingestão de folato, vitaminas B2, B6 e B12. Existe evidência confiável a respeito da redução da concentração de homocisteína com o uso de suplementos de ácido fólico, porém a literatura carece de evidencias deste efeito ocasionado pelo consumo de fontes naturais de ácido fólico, como frutas, verduras e legumes (FLV). Neste sentido, estudo recém publicado por pesquisadores da Faculdade de Saúde Pública da USP, em importante revista internacional, investigou a associação entre o consumo de FLV e níveis de homocisteína plasmática, por meio de abordagem metodológica denominada regressão quantílica, que explora os dados de maneira não linear, permitindo examinar o efeito do consumo de FLV em cada percentil de homocisteína plasmática. Esta abordagem é particularmente importante quando se avalia um fator de risco ou biomarcador que não tem uma relação linear com a doença ou mortalidade.

Foram estudados 499 moradores da cidade de São Paulo, Brasil, provenientes de um estudo transversal de base populacional. Destes 63% eram mulheres, 34% estavam com sobrepeso e 24% eram obesos. Os resultados mostraram que a relação com o consumo de FLV foi inversa e significativa para quase todos os percentis da concentração de homocisteína plasmática, ou seja, aumentos no consumo de FLV podem promover maior redução nos níveis de homocisteína plasmática. Porém, verificaram que este efeito é maior entre os indivíduos com maior nível de homocisteína plasmática (com maior risco cardiovascular).

Os pesquisadores destacam que o metabolismo da homocisteína envolve vias que mantêm um equilíbrio interno entre a produção de homocisteína e o processo de remoção, e depende de vários co-factores, entre eles a metionina. Assim, apesar da prevalência da ingestão insuficiente de folato ter caído desde a adoção da fortificação obrigatória de farinha com ácido fólico no Brasil, ao mesmo tempo, a carga de metionina nesta população é supostamente elevada, principalmente, devido à elevada ingestão de carne. Nesta situação, a elevação da homocisteinemia pode ser devido ao metabolismo da metionina prejudicada, e, consequentemente, mais ácido fólico e B12  são necessários para a redução da homocisteína.

Neste estudo os pesquisadores simularam que um aumento de 200 g no consumo de FLV pode diminuir os níveis de homocisteína nos percentis globais, mas os percentuais mais elevados de homocisteína se beneficiam mais. Por exemplo, o coeficiente de regressão quantílica em um dos níveis mais elevados de homocisteína (percentil 85) foi três vezes maior que o coeficiente em um dos níveis mais baixos (percentil 20).

Os autores concluem dizendo que os benefícios à saúde de comer frutas e legumes estão bem estabelecidos, sendo importantes na redução do risco reduzido de doença cardíaca coronária, vários tipos de câncer e outras doenças crônicas e que aumentos no consumo de FLV pode beneficiar a saúde cardiovascular, principalmente de pessoas com altos níveis de homocisteína plasmática.

Para ler o artigo original: 

Verly Jr E, Steluti J, Marchioni DM, Fisberg RM. A Quantile Regression Approach Can Reveal the Effect of Fruit and Vegetable Consumption on Plasma Homocysteine Levels. Plos One. 2014;9(11):1-7.

Disponível em:

http://www.plosone.org/article/fetchObject.action?uri=info%3Adoi%2F10.1371%2Fjournal.pone.0111619&representation=PDF

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em alimentos e saúde

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s