Arquivo da categoria: doenças cardiovasculares

Carboidratos X Gorduras, entenda os dados reais publicados no estudo PURE que não foram detalhados pela mídia.

Resultado de imagem para doubt

A revista The Lancet publicou recentemente os resultados do estudo “PURE” (Estudo Prospectivo de Epidemiologia Rural) que foi destaque na mídia com o slogan ” Estudo Desafia a Sabedoria Convencional quanto ao consumo de Gorduras e Carboidratos”. Tal estudo acompanhou mais de 135 mil pessoas de 5 continentes, e, mediu, após um tempo médio de 7 anos, o efeito do consumo de macronutrientes na mortalidade geral e na mortalidade por doenças cardiovasculares. Após sua publicação ocorreram várias manifestações na mídia, umas a favor e outras contra, causando um verdadeiro alarde na população, que ficou no meio deste fogo cruzado entre vilões e mocinhos! Continuar lendo

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em alimentação e saúde, alimentos industrializados, doenças cardiovasculares, mortalidade, saúde, Uncategorized

Baixos níveis de HDL (“bom colesterol”) podem predizer muitos riscos à saúde, e, não apenas a doença cardíaca.

hdl

Será que maiores níveis de HDL “o bom colesterol” garantem boa saúde cardiovascular para todos os indivíduos? Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em alimentação e saúde, alimentos e saúde, colesterol, doenças cardiovasculares, Uncategorized

Alimentação saudável e atividade física passam a ter mais efeito que intervenções médicas na redução da mortalidade por doenças cardiovasculares.

Heart-Healthy-Foods

Informações divulgadas em estudo recente, publicado em junho de 2016 na revista JAMA Cardiologia, com dados colhidos pelo CDC, revelam que depois de décadas de reduções nas taxas de mortes por doenças cardiovasculares (DCV), atualmente não se observa mais declínio significativo na redução da mortalidade por DCV. Os resultados soam de forma alarmante, ao pensarmos que os benefícios cardiovasculares de intervenções médicas podem ter atingido um ponto de saturação e que outras melhorias agora irão depender em grande parte das mudanças comportamentais, principalmente alimentação adequada e atividade física, ressaltando, assim, a importância desta área de atuação em saúde pública com ações preventivas. Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em alimentação e saúde, alimentos e saúde, atividade física, doenças cardiovasculares, mortalidade, Uncategorized