Pesquisas de Saúde e Nutrição recebem milhões em investimentos da Coca Cola!

coca-cola3 litrosA Coca-Cola, maior fabricante mundial de bebidas açucaradas, divulgou em seu site que gastou quase 120 milhões de dólares (hoje com o dólar a ~R$4,00, equivale a R$480 milhões de reais) nos últimos cinco anos para financiar pesquisas em saúde, nutrição e esportes na busca de soluções para conter a epidemia de obesidade.

A lista divulgada no site da empresa, detalha todas as concessões feitas, desde 2010. Assusta saber que entre o grupo dos que compactuaram em receber as doações estão pesquisadores de importantes instituições de pesquisa e sociedades Médicas e de Nutrição como: a Johns Hopkins, o CDC, a Universidade de Michigan, American Heart Association, American Diabetes Association, American Dietetics Association, Congresso Internacional de Nutrição, Academia Americana de Pediatria, Sociedade Americana de Nutrição, Food Information Council International (IFIC), American Cancer Society, etc…

Refrigerantes como a Coca Cola são produtos estrategicamente desenvolvidos para levar as pessoas a um consumo “exagerado”, “viciante”, é o que aponta relatório da OPAS . Atualmente, diversos debates tem tratado este tipo de produto como um dos grandes responsáveis pela epidemia mundial da obesidade e doenças crônicas (como o diabetes). Portanto, o recebimento de doações da Coca Cola para pesquisa em saúde é no mínimo desolador! Nos do INC ficamos indignados em saber que grupos que consideramos tão importantes em termos de saúde foram se sujeitar a manchar sua imagem com evidentes conflitos de interesses!

Em um comunicado divulgado no site, o presidente da Coca-Cola América do Norte, Sandy Douglas, enfatizou que os esforços filantrópicos da empresa eram para o “bem público”.

Entre os beneficiários incluídos na lista está grupos como a NAACP e a Federação latino-americano, que receberam milhões de dólares. Segundo o jornal New York Times, ambos os grupos apresentaram uma carta de apoio a uma ação judicial movida pela indústria de bebidas em 2013 para bloquear uma proposta do prefeito de Nova York sobre a a proibição de venda na cidade de bebidas açucaradas.

A tese que a Coca Cola quer que fique “impressa na cabeça das pessoas” é que o principal vilão da obesidade e doenças crônicas é a falta de atividade física e não o consumo excessivo de alimentos com muito açúcar ou excesso calóricos, como os refrigerantes. Assim, o apoio a pesquisadores que possam introduzir a crença de que “o excesso de açúcar não é um grande vilão”, faz parte da estratégia da Coca-Cola para melhorar sua imagem junto a opinião pública e os consumidores.

Nos Estados Unidos, as vendas de refrigerantes vêm caindo, ao mesmo tempo em que movimentos que pedem a proibição de bebidas com açúcar em escolas ou a maior taxação sobre esse tipo de produto ganham força.

Esta estratégia desleal e antiética pode pegar os mais desavisados que querem acreditar neste “conto de fadas” que insinua que é possível comer o que quiser e o quanto quiser desta avalanche de produtos alimentícios industrializados, rápidos, práticos, saborosos, “CONVENIENTES”, que são empurrados para as pessoas todos os dias, sem nenhuma consequência desastrosa à saúde!

Pesquisadores sérios e comprometidos vêm mostrando e discutindo que “não podemos correr mais que uma alimentação inadequada”.

E você o que pensa disto?

Divulguem esta informação como uma forma de não compartilhar deste marketing desleal!

Se você deseja ter uma visão maior das estratégias aplicadas pela industria de alimentos e como ela nos fisgou, vale a pena ler o livro de Michael Moss (Sal, Açúcar e Gordura). Recomendamos!

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em conflitos de interesse, ultraprocessados

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s